Promoções

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

V Vitrine: GG - Sem Medo da Moda Praia


V Vitrine: GG - Sem Medo da Moda Praia: "Lá vem o sol!... E lá vai a bela, toda faceira com pele dourada e cabelos ao vento! Quando ela passa, até o sol faz pirraça, pra ficar por m..."

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Pés inchados na gravidez

especiais


Inchaço na gravidez é normal, mas evite

Em períodos de calor intenso, algo comum em se tratando de Brasil, as gestantes, especialmente as que estão no final do segundo trimestre, costumam reclamar muito que suas pernas estão mais pesadas, que aquela sandália confortável já aperta os pés e que os anéis e pulseiras já não entram mais.

O inchaço, chamado pelos médicos de edema, acomete principalmente os membros inferiores no início do sétimo mês de gestação. Isso acontece pela retenção de líquidos normal da gravidez e pelo útero, que, acompanhando o crescimento do bebê, começa a comprimir os vasos localizados na região pélvica (bacia), prejudicando o retorno do sangue que está nas pernas.

O sangue circula pelo corpo todo por vasos e é o coração quem bombeia esse sangue. Quando o sangue que está nos pés e pernas tenta retornar ao coração, encontra resistência, pois os vasos da região pélvica estão comprimidos pelo útero.

O excesso de líquido que estava no sangue, ao encontrar a resistência do retorno, extravasa pela parede dos vasos, causando o inchaço dos pés e pernas.

Sem pânico - Esse é um inchaço normal da gravidez e que as mamães podem ficar despreocupadas. Um trabalho de prevenção pode diminuir ou até nem deixar que o inchaço apareça.

O ideal é seguir algumas instruções antes mesmo de a mamãe engravidar. Excesso de peso facilita o aparecimento de inchaço, assim como o tabagismo e alimentação inadequada. Esse trio, aliás, prejudica o ser humano em todos os sentidos. Estar em forma com o peso e com a saúde tanto antes quanto durante a gestação são formas de evitar o inchaço.

Maneire no sal, mamãe - Para amenizar o problema do inchaço, a mulher deve reduzir o sal da alimentação. O sal é um dos fatores de retenção de líquido que leva a um maior inchaço. Fazer caminhadas ou hidroginástica com recomendação médica também ajudam a aliviar esse mal. O uso de meia elástica pode ajudar, mas são muito quentes para se usar no verão.

Normalmente, o inchaço aparece mais ao fim do dia, quando a mulher permaneceu muito tempo em pé ou sentada. A dica é elevar as pernas durante a noite. Coloque-as em cima de um banquinho levemente ou coloque um travesseiro embaixo do colchão para as pernas ficarem levemente erguidas. Isso ajuda no retorno do sangue e o sistema circulatório funciona melhor.

A mamãe deve ficar atenta se o inchaço for intenso, principalmente se afetar muito as mãos, braços e rosto, se o ganho de peso for grande, quando houver formigamento dos braços, limitação de movimentos dos dedos das mãos e dor na região da nuca.

Esses são sinais de problemas renais como diabetes gestacional ou pressão alta que podem aparecer isoladamente ou em conjunto. Essas alterações são perigosas para a mamãe e para o bebê.

Caso um médico não seja consultado e tomado os devidos cuidados, mãe e bebê correm risco de morte. A pressão alta pode levar a eclampsia (hipertensão e edema podendo ocorrer convulsão e coma).

Para finalizar, uma recomendação eterna do Guia do Bebê: faça um bom pré-natal, pois toda alteração pode ser percebida e corrigida a tempo de não prejudicar a saúde da mamãe e do bebê. Aproveite o calor sem inchaço!

Dicas

A mamãe deve beber bastante líquido, principalmente nos dias mais quentes. Ponha um travesseiro embaixo do colchão para as pernas ficarem levemente erguidas. Isso facilita na circulação do sangue.

Ficar durante muito tempo numa mesma posição pode aumentar o inchaço. O uso de meia elástica pode ajudar, mas são muito quentes para se usar no verão.

domingo, 26 de dezembro de 2010

meu bb com 32 semanas mais proximo de chegar






32 semanas de gravidez, kamile mais próxima de chegar



Não é de estranhar que você esteja se sentindo enorme. Do meio quilo que você deve estar engordando por semana, cerca de metade vai direto para o bebê. Ele está acumulando tecidos gordurosos e ganha um terço do peso com que vai nascer nas últimas sete semanas da gravidez. Graças a essa reserva de gordura, ele começa a ter um aspecto saudável e fofinho: que venham as bochechas!

nossa que dificuldades,ja ta ficando ruim até pra andar.

domingo, 19 de dezembro de 2010

lincença maternidade

LICENÇA MATERNIDADE - PROCEDIMENTOS



A empregada gestante tem direito á licença-maternidade de 120 dias, sem prejuízo do emprego e do salário.



PERÍODO DE PERCEPÇÃO



O salário-maternidade é devido à segurada da previdência social, durante cento e vinte dias, com início vinte e oito dias antes e término noventa e um dias depois do parto, podendo ser prorrogado.



VALOR



O salário-maternidade para a segurada empregada consiste numa renda mensal igual à sua remuneração integral.



NOTIFICAÇÃO AO EMPREGADOR



A empregada deve, mediante atestado médico, notificar o seu empregador da data do início do afastamento do emprego, que poderá ocorrer entre o 28o dia antes do parto e a ocorrência deste.



PARTO ANTECIPADO



Em caso de parto antecipado, a mulher terá direito aos 120 dias previstos na Lei.



GARANTIAS Á EMPREGADA GESTANTE



É garantido à empregada, durante a gravidez, sem prejuízo do salário e demais direitos:



I – transferência de função, quando as condições de saúde o exigirem, assegurada a retomada da função anteriormente exercida, logo após o retorno ao trabalho;

II – dispensa do horário de trabalho pelo tempo necessário para a realização de, no mínimo, seis consultas médicas e demais exames complementares.



INÍCIO DE AFASTAMENTO



O início do afastamento do trabalho da segurada empregada será determinado com base em atestado médico ou certidão de nascimento do filho.



PAGAMENTO DO SALÁRIO-MATERNIDADE



Para os benefícios requeridos a partir de 01.09.2003, tendo em vista a vigência da Lei 10.710/2003, cabe à empresa pagar o salário-maternidade devido à respectiva empregada gestante.



Para os benefícios requeridos até 01.09.2003, o pagamento do salário-maternidade era feito diretamente pela previdência social.



COMPENSAÇÃO DO VALOR DO SALÁRIO MATERNIDADE



MÃE ADOTIVA



VALOR DO BENEFÍCIO

RETENÇÃO DO INSS
Fonte;http://www.guiatrabalhista.com.br/guia/licenca_maternidade.htm

sábado, 4 de dezembro de 2010

minha gravidez

elis
Você está na 29ª semana de gravidez
Seu bebê
A evolução não pára dentro do útero. Os sentidos do seu bebê já estão operando quase em sintonia fina. Os órgãos continuam amadurecendo, e novas células se multiplicam a todo instante. Quem supervisiona tudo isso é o cérebro, que está cada vez mais ativo. Nesta semana, por exemplo, esse comandante-geral ganhou a tarefa de controlar o ritmo da respiração e a temperatura corporal do seu bebê. Pode ter certeza: o poderoso chefão está se saindo muito bem, obrigado. Sabe quanto o bebê está pesando? Por volta de 1,25 kg. Na 40ª semana, o peso médio será de 3,4 kg.

Veja a evolução da sua gravidez, etapa por etapa, no infográfico animado.

Sua gravidez
O tempo está voando, não é? Em apenas 11 semanas, tudo vai mudar e o seu bebê já terá nascido. Mas, até lá, você ainda tem muita coisa para fazer. Há sempre uma pendência que precisa ser resolvida. São cuidados com a arrumação do quarto, os brinquedos, o enxoval, as fraldas e os acessórios indispensáveis à criança. É por isso que, a partir de agora, além das dicas sobre saúde, alimentação e bem-estar, vamos lembrá-la de cada um desses preparativos para você não se esquecer de nada. Começaremos com a mala da maternidade, que, a esta altura, já deveria estar pronta. Confira os itens que não podem faltar para você e o bebê.




Ai gente to muito curiosa pra ver minha kamile,cada dia que passa,apesar do meu sofrimento de tantas coisas que tem mi acontecido,de tantas lagrimas o amor que ja sinto por ela supera tudo,amo vc d+++++ filha!

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

cade a cidade maravilhosa,rio em guerra



Estas são cenas da vida do carioca nas ultimas semanas no rio,sem falar na baixada,onde eu moro,ontem em nova iguaçu teve arrastão no calçadão pessoas dessesperadas nas ruas hoje no bairro jacutinga em mesquita,ouve arrastão,a farmacia localPErformace foi assaltada e o mercado Via Lithe,comercio teve que fechar as portas pessoas correndo nas ruas,mães desesperadas,buscando seus filhos nas escolas, inclusive eu rsrsrs!,uma vendedora de doces na frente do colegio Rui de Queiroz,saiu correndo com seus doces logo após o assalto na farmacia ela contou,que os karas não passavam de menores de idade armados fazendo agazarra e falou que estamos em toque de recolher ou seja não querem ninguem nas ruas.
Esta situação tem cido uma vergonha,exercito nas ruas,a marinha e aeronautica tbm,policia,bop,e a população em verdadeiro pânico,motoristas e pessoas voltando do trabalho tem que ter cuidado dobrado,pq estão todos em alerta ai eu ti digo,um trabalhador custa 530,00reais um lad~rão estrupador todos estes bandidos cada um deles custa 5mil reais cada,fora aqueles que ficam passeando de aviaõ pra la e pra cá temos que rir,os moradores da vila cruzeiro estão sem energia eletrica e depois quem vai resarcir os prejuizos eu ti respondo ninguem!é melhor rir do q chorrar!

domingo, 21 de novembro de 2010

meu bb com 28 semanas de gestação!




Seu bebê
A vida no útero é tranqüila, aconchegante e, claro, cheia de novidades. Nesta semana, seu bebê começou a adquirir mais gordura no corpo e está ficando rechonchudo. Seu peso não mudou muito em relação à semana passada – por enquanto, ele pesa 1 quilo e 100 gramas. O cérebro está em plena atividade e suas retinas agora conseguem captar com mais precisão a luminosidade do ambiente. Sua visão, portanto, está bem mais aguçada.

Acompanhe as etapas da sua gestação no infográfico animado.

Sua gravidez
Seu nariz começou a sangrar e não é a primeira vez? Não se assuste. Na gravidez, a mucosa do nariz e das vias nasais pode dilatar um pouco e provocar sangramentos. Algumas mulheres também reclamam que o nariz fica entupido com freqüência. A causa desses dois desconfortos, mais uma vez, está nas mudanças hormonais que ocorrem no corpo das gestantes. Cuidado: quando esse tipo de incômodo surgir, não use descongestionantes sem antes conversar com seu médico. As grávidas têm várias restrições a alimentos, bebidas e medicamentos.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Pré natal pelo sus, não tive sorte!

Karamba minha,quarta gravidez,tudo muito diferente,descobrir que estava gravida ja no terceiro mês,marquei o p´re natal no posto de saude,logo de cara primeira consulta ,passou um monte de exames clinicos mais nem mi olhou,a enfermeira tirou a minha presão que estava alta,dai a enfermeira foi quem mi orientou,no outro mês não teve consulta pois a médica quebrou a mão,rsrsrrsr!,no outrolevei os exames comuniquei que estava com corrimentos,ela disse não podia passar remedio,mandou fazer preventivo,na outra semana,passei muito mal com dores pra fazer xixi,fui até ela,que falou não posso fazer nada por vc procure um hospital,la foi diagnosticado infecção de urinaria, mais bem grave a urina ja era sangue e pus,fui medicada sofri muito 17 dias depois fiquei boa,fui a consulta hoje ela trocou o dia,ninguem merece fazer estew tipo de pré natal issso é uma piadakkkkkk saúde no rio de janeiro virou motivos de risadas ou de morte pq saúde mesmo só Jesus.







ka

sábado, 6 de novembro de 2010

bebe com 26 semans,

26 SEMANAS E AGORA?
 Ja estou com 26semanas estou com muitas azias e muito enjoada,comecei a comprar roupinhas para  o bebê tudo com muito toque rosa rsrsrs, nossa mais cada dia mais curiosa pra conhecer minha pequena kamile,

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

BASE SALARIAL 2010,NO RIO DE JANEIRO

PARAS PODERMOS FICAR INFORMADOS DOS NOSSOS SALARIOS FIQUE DE OLHO BEM ABERTO!



SECRETÁRIA BILÍNGÜE
2.900,86
3.376,17
4.723,63

SECRETÁRIA PORTUGUÊS
1.519,86
2.290,80
3.576,20

AUXILIAR ADMINISTRATIVO
733,16
1.231,98
1.864,51

AUXILAR DE ESCRITÓRIO
631,73
1.117,49
1.466,55


TELEFONISTA / RECEPCIONISTA (8 H)
775,08
865,47
1.022,52

PORTEIRO
840,09
1.126,61
1.554,77










AUXILIAR DE DEP. PESSOAL
901,11
1.190,52
1.479,92








SUPERVISOR DE VENDAS
5.192,81
5.802,93
7.635,55

VENDEDOR
3.294,92
3.917,72
4.748,1


AUXILIAR DE VENDAS
981,73
1.251,38
1.521,02


FONTE,PESQUIZA NA NET!

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Cistite na mulher e como prevenir

CISTITE NA MULHER E SUA PREVENÇÃO


INFECCÕES URINÁRIAS
O sistema urinário é normalmente estéril e livre de bactérias. As infecções urinárias surgem quando este é invadido por bactérias, que podem se localizar predominantemente na uretra (uretrites), bexiga (cistite) ou nos rins (pielonefrites). MECANISMOS DE INSTALAÇÃO
As infecções urinárias são quase sempre produzidas por microorganismos (bactérias) provenientes do intestino (e/ou da vagina , em mulheres ) do próprio paciente. Essas bactérias instalam-se, inicialmente, junto ao orifício do canal uretral (canal que comunica a bexiga com o meio exterior) e daí migram para a bexiga (cistites) ou sobem até os rins (pielonefrites).

INCIDÊNCIA CLÍNICA
Embora as infecções urinárias possam atingir qualquer indivíduo em qualquer idade, existem determinados grupos que são mais propensos.

Meninas de 1 a 8 anos de idade: nestes casos,as infecções resultam de hábitos vaginais precários, que favorecem a proliferação de bactérias na vagina e subseqüente invasão da uretra e bexiga.
Mulheres dos 16 aos 35 anos de idade: neste grupo, são freqüentes as infecções vaginais ou presença de “corrimento”, produzido por fungos, bactérias ou vírus. A presença destes microrganismos diminui a resistência natural da vagina e uretra, e facilita a invasão do sistema urinário por germes intestinais.


CISTITE NA MULHER
As cistites, ou infecções da bexiga são raras nos homens e bastante freqüentes nas mulheres. Estima- se que de 2 a 6 em cada 100 mulheres qpresentam sintomas de cistite aguda. Outros estudos demonstram que entre 25% e 35% das mulheres tiveram cistite aguda em alguma época da sua vida adulta.
As cistites decorrem da invasão da bexiga por bactérias de origem intestinal, que penetram no trato urinário da uretra ( figura 2 ). Dois fatores anatômicos explicam a maior propensão das mulheres a desenvolverem cistites.
1) Proximidade entre o ânus, a vagina e o orifício de abertura do canal uretral.
Como mostra a figura 2, o orifício uretral na mulher abre-se na vagina e esta encontra-se bastante próxima ao ânus. Mesmo em mulheres com hábitos higiênicos locais cuidadosos, torna-se fácil a contaminação da vagina por bactérias intestinais e a subseqüente invasão da uretra.
2) Comprimento de uretra- O canal uretral mede cerca de 25cm no homem e de 3 cm na mulher. O pequeno comprimento da uretra na mulher torna muito mais fácil a ascensão e a invasão da bexiga por microrganismos vaginais.


CISTITES E ATIVIDADE SEXUAL
Algumas mulheres podem desenvolver cistites no início de sua atividade sexual sendo, por isso, denominadas cistites de lua-de-mel.
1- Inoculação de bactérias na uretra durante o ato sexual;
2- Traumatismo direto do pênis sobre a bexiga vazia: muitas mulheres têm o hábito de esvaziar a bexiga previamente ao coito, permitindo com isso um maior traumatismo diretamente sobre a bexiga e favorecendo assim a cistite ( a urina dentro da bexiga funciona como um amortecedor do trauma).

CLÍNICA DAS CISTITES
As mulheres com cistite apresentam grande aumento do número de micções, com pequenos volumes de urina eliminados a cada vez, sensação de esvaziamento incompleto da bexiga ,ardor na uretra, dor na bexiga que se exacerba ao fim da micção, jato urinário fraco e, algumas vezes, sangue vivo na urina. Nem sempre todas as manifestações estão presentes e a intensidade das mesmas pode variar em diferentes pacientes.
As cistites da mulher não costumam se acompanhar de outras complicações e, por isso, são desprovidas de conseqüências mais sérias. Contudo, produzem grande desconforto e sofrimento e isso justifica seu pronto tratamento.

TRATAMENTO DAS CISTITES
Embora em alguns casos de cistites possa ocorrer cura espontânea da infecção (micções repetidas eliminam as bactérias da bexiga), a maioria das pacientes precisa ser tratada com drogas antimicrobianas, por períodos de 3 a 14 dias, dependendo da intensidade da infecção e da medicação empregada. Tratamentos inadequados (tipo de medicação ou tempo de administração inapropriados) constituem a principal causa de repetição ou de cronificação de cistites. O emprego de analgésicos e banhos de assento em água quente serve para atenuar os sintomas na fase aguda e podem ser utilizados em associação com a medicação antibacteriana.

PREVENÇÃO DAS CISTITES
As medidas profiláticas que serão descritas têm grande importância prática, pois diminuem de forma significativa as chances de ocorrência de surtos agudos de cistites.

Micções freqüentes: A micção representa um dos mecanismos de defesa do trato urinário contra a invasão das bactérias (bactérias na uretra são eliminadas com urina durante a micção). Por isso, pacientes propensas a cistites devem urinar com freqüência, se possível a cada 3 ou 4 horas.

Ingestão de líquidos: A ingestão de grande quantidade de água contribui para maior formação de urina e isto favorece a eliminação de bactérias durante a micção. Cerca de 2 litros de líquidos devem ser ingeridos por dia.

Higiene pessoal: A higiene feminina implica em cuidados com os orifícios anal, vaginal e uretral e com a pele adjacente, de modo a evitar que bactérias intestinais, eliminadas principalmente por ocasião das evacuações, penetrem na vagina ou uretra. Estas medidas devem ser ensinadas na infância, enfatilizando-se para a criança sobre a necessidade de tais cuidados em decorrência da proximidade entre o ânus e a vagina.

Higiene: A limpeza com papel após as evacuações deve ser feita de frente para trás, e nunca ao contrário, a fim de evitar que bactérias localizadas em torno do ânus sejam carregadas para a vagina.

Banhos locais: Após as evacuações pode-se melhorar a limpeza da região através de lavagem local com “chuveirinho”ou água corrente. Deve-se evitar nessas ocasiões banhos de imersão em bacias ou banheiras, pois água contaminada com restos fecais pode penetrar na vagina. A limpeza com “chuveirinho”é particularmente importante em pacientes com cistites recidivantes.

Higiene após micções: A higiene local após as micções deve ser sempre com papel macio, que é aplicado na região de modo a absorver a urina residual. A prática de se esfregar o papel junto ao orifício da uretra é desaconselhável, já que isto pode traumatizar o local e favorecer a penetração de bactérias.

Roupas: Mulheres com cistites recorrentes devem evitar o uso de roupas justas por longos períodos e de calcinhas de nylon ou material sintético. Roupas muito justas ou calcinhas não-absorventes impedem a circulação de ar na região genital, o que torna a vagina úmida e aquecida. Este tipo de ambiente favorece o crescimento de bactérias relacionadas com infecções vaginais e envolvidas com cistites.
Calcinhas de material sintético podem produzir alergia local, com prurido persistente e irritação da mucosa que reveste a vagina. Este tipo de lesão propicia o desenvolvimento local de bactérias e aparecimentos de infecções secundárias. As pacientes predispostas a cistites devem usar, de preferência, calcinhas de algodão.

Higiene menstrual: As medidas higiênicas comumente empregadas durante o período menstrual não parecem interferir com o aparecimento de infecções vaginais ou cistites. Não se demonstrou até o momento qualquer efeito nocivo das compressas ou dos tampões vaginais em relação aos sistemas genital e urinário.

Desodorantes íntimos: Devem ser evitados em mulheres propensas a cistites ou infecções vaginais, já que podem desencadear reação alérgica local e irritação vaginal.

Métodos anticoncepcionais: Não existem, até o momento, evidências que demonstrem aumento da incidência de cistite ou infecções vaginais com o uso de pílulas anticoncepcionais ou DIU (dispositivo intra-uterino). O diafragma tem sido implicado como uma possível causa de cistite.

Atividade sexual: Algumas mulheres costumam apresentar cistites após atividade sexual e neste grupo podem ser adotados cuidados preventivos que reduzem a incidência de infecções:
a)-Micções após cada relação sexual: Urinar após as relações favorece a eliminação das bactérias que possam ter penetrado na uretra e bexiga durante o ato sexual.
b)-Ingestão de água após cada relação sexual: aumenta a quantidade de urina e o número de micções no período subseqüente ao ato sexual e isso contribui para erradicar microorganismos localizados na uretra ou bexiga. As pacientes nunca devem esvaziar totalmente a bexiga antes do coito. É necessário que sempre permaneça um pouco de urina na bexiga para amortecer o trauma do pênis durante o ato sexual.
c)-Lubrificação vaginal: Se não houver lubrificação fisiológica normal da vagina no momento da relação, deve-se recorrer a lubrificação artificial com substâncias neutras. Esta medida é bastante importante, pois relações sexuais com vagina pouco lubrificada produzem traumatismos do orifício da uretra e favorecem a penetração local das bactérias.
d)-Evitar posições dolorosas: Relações em posições que produzem dor vaginal indicam que a mucosa (revestimento) da vagina está sendo traumatizada e isto favorece o crescimento de bactérias na região.
e)-Higiene vaginal: Durante o ato sexual bactérias localizadas na vagina podem ser lançadas na uretra e ganhar acesso à bexiga. Por isso. irritações ou lavagens vaginais com água ou soluções anti-sépticas (1 litro d’água fervida mais 1 colher de sopa de vinagre branco) são recomendadas em pacientes com cistites recidivantes. É importante que a higiene seja realizada antes e não após a relação de modo que a população de bactérias vaginais seja pequena no momento do ato sexual.
f)- Evitar o coito anal, pois as bactérias intestinais contaminam a uretra masculina e, em futuras relações vaginais podem promover vaginites e secundariamente cistites. por isso, em casais que praticam o coito anal impõe-se o uso obrigatório de preservativos.

Infecções vaginais: As vulvovaginites (infecções da vulva ou vagina), que em geral se manifestam em todas as pacientes com propensão a cistites, assim como infecções vaginais de qualquer tipo, tornam o local mais suscetível à ação de bactérias intestinais, que aí se instalam e depois podem invadir a uretra e a bexiga.
DIMINUIR A ANSIEDADE E STRESS

Fonte.
INSTITUTO ISEXP: Instituto Brasileiro Interdisciplinar de Sexologia e Medicina Psicossomátic

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

È uma menina!!!que lindo!

Nossa,tomei um susto,quando fiquei passando mal,e descobrir que estava grávida de 3 meses,nossa chorrei fiquei apavorada,pq ja tinha 3 filhos,foi dificil mais agora no quinto mês fiz uma ultra no sabado e descobri que é uma menina estou apaixonada curiosa pra ver com quem parece,pois ja tenho 2 meninas lindas,e agora vem mais uma enfeitar este mundo,o nome dela é Kamile,e vai ser super bem recebida por esta mãe doidona aki♥

domingo, 17 de outubro de 2010

Elis Oliveira: Infecção Urinaria na gravidez

Elis Oliveira: Infecção Urinaria na gravidez: "Infecção Urinária na Gravidez Uma das alterações mais comuns que acometem a mulher durante a gestação é a infecção urinária, que atinge de..."

Infecção Urinaria na gravidez

Infecção Urinária na Gravidez
Uma das alterações mais comuns que acometem a mulher durante a gestação é a infecção urinária, que atinge de 10 a 20% das gestantes. As mamães devem ficar atentas ao primeiro trimestre da gestação, período que normalmente aparecem os sintomas dessa alteração.

A disfunção ocorre por razões explicáveis: a presença de glicose na urina da mulher grávida aumenta devido às alterações hormonais que ocorrem nesse período, deixando a uretra um ambiente mais propício à proliferação de bactérias.

Além disso, o hormônio progesterona, que oferece condições da mulher ficar grávida, relaxa os músculos da uretra, diminuindo a velocidade do fluxo da urina dos rins para a bexiga, aumentando os fatores favoráveis à proliferação de bactérias. Temos que lembrar também que durante a gestação a resistência da mulher fica mais baixa, sendo mais fácil o ataque de qualquer microorganismo.

A forma menos agressiva da infecção urinária é a cistite, infecção da bexiga, e a mais grave é a pielonefrite, que acomete os rins. A infecção leve pode ser assintomática, mas, na maioria das vezes, a infecção se agrava levando aos sintomas como dor e ardor ao urinar, sensação de desejo de urinar, vontade freqüente de urinar com pouca quantidade de xixi e mudanças no cheiro e na cor da urina.

Nos casos mais graves, os sintomas são náuseas, vômitos, febre, urina turva com odor, calafrios e uma dor intensa na região lombar (rins) ocorrem geralmente no último trimestre da gestação.

As toxinas liberadas pelas bactérias desse tipo mais grave de infecção urinária podem causar contrações do útero, levando ao trabalho de parto prematuro, abortamentos, hipertensão arterial, morte do bebê e até mesmo da mãe quando a infecção se torna severa e generalizada.

As pielonefrites ocorrem após as infecções assintomáticas (que não apresentam sinais da infecção). Por isso a importância de se descobrir as infecções urinárias logo no início para que o tratamento seja realizado antes que a situação piore para mamãe e bebê.

Como evitar a infecção? Como sempre, o pré-natal é essencial para que se tenha uma gestação mais saudável, em que busca coibir qualquer tipo de complicação. Nele, os médicos pedem exames de urina de três em três meses, diagnosticando a infecção urinária o mais precoce possível.

Existem algumas medidas que a gestante deve realizar para prevenção da infecção urinária, como beber bastante líquido durante todo o dia (de 1 a 2 litros). Outra recomendação é ir ao banheiro com freqüência, não segurando o xixi quando a vontade vier, principalmente depois das relações sexuais. É fundamental que a mamãe cuide bem de sua higiene pessoal, passando o papel higiênico de frente para trás.

O tratamento da infecção é feito com antibióticos. Ele deve ser indicado pelo médico para que não afete o desenvolvimento do bebê, pelo menor tempo possível, mas que seja um tempo seguro para um tratamento acertado e eficiente.

Dicas

Quando a gestante sentir qualquer sintoma de uma infecção urinária, comunicar imediatamente ao seu médico para que um diagnóstico seja feito o mais rápido possível.

“É melhor prevenir do que remediar”. Siga todas as orientações de prevenção, essas medidas podem salvar o seu bebê. Faça um bom pré-natal.

Ingerir água é importante sempre para manter a hidratação e ajudar na sua saúde e, conseqüentemente, do seu bebê.

Fonte. guia do bb

domingo, 27 de junho de 2010

Unidos Em Asa Branca

Saudades la de Esperança la paraiba onde fui crianda onde tem as melhores quadrilhas assim como em campina grande,Andrea jaima um beijão minhas companheiras da época,kkkk

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Bebê de dois anos fuma 40 cigarros por dia - Audio Editado !!!


Fico pensando,tenho um bb de 2 anos tbm,jamais ofereceria tal coisa,ele foi ensentivado por seu pai quando tinha,apenas 6 meses de vida,seu pai insisti em dizer que não faz mal algum que isso é normal.misericordia mais o mundo ta ficando perdido,tantos vicios tantas crianças e jovens si perdendo,jovens que em sua maioria vivem no maximo 20 anos e olhe la que pena,falta amor de Deus nestas pessoas.Bom feriado a todos e der para seus filhos o maximo de amor que vc puder beijokas.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

George é o maior cão do Mundo

nossa vendo esta reportagem na recorde neste domingo axei meu cachorro miniatura rsrsrsr este é o george o nome do meu cachorro é Lula homenagem que fiz ao nosso presidente em sua primeira eleição,não é o maio cão do mundo MAIS COM CERTEZA E O MELHOR AMO MEU CACHORRO lULA.

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Péle apoia time de dunga

Pelé dá o aval: 'Vamos aceitar: Dunga está certo', LANCEPRESS! - Rei do Futebol defende treinador por não convocar Neymar e Paulo Henrique para a Copa do Mundo

apesar das reclamações de muitos o rei péle deu seu apoio ao Dunga devemos acreditar.

sábado, 8 de maio de 2010

sábado, 17 de abril de 2010

Agradeça sempre ao senhor


Muitas vezes pessoas chegam até você para reclamar. Se tá sol reclamam que não chove,
se tá chovendo reclamam que não faz sol. Se tem muitas coisas o que fazer reclamam que não sobra tempo. Se não tem nada a fazer reclamam que não se sentem úteis.
Reclamam tanto que quando você se dá conta é você que já está reclamando.
No início desse novo dia eu quero convidar você a tentar algo diferente. Isso...agora!
Que tal ao invés de reclamar agradecer?
Agradeça pelas coisas que você tem....
Você pode pensar, "mas o que eu tenho pra agradecer?"
Você tem filhos? pense neles e nos sorrisos que eles já provocaram em você, pense no carinho entre vocês, pense no prazer que você tem de tê-los em sua vida.
Você é casada ou casado? Pense nessa pessoa que Deus colocou na sua vida, nos momentos juntos, na parceria dessa vida inteira juntos.
Você tem onde morar? Pense na graça de ter um teto, na alegria de poder ter um lugar que você pode chegar, relaxer um pouco, se alimentar e descansar o seu corpo cansado de mais um dia de trabalho. Pode ser alugado, pode ser humilde mas é o teu cantinho
Você tem seus Pais? Pense na alegria de tê-los ao seu lado por todos esses anos. Que são pessoas que amam você acima de tudo e que, aconteça o que acontecer, você sabe que eles sempre te amarão
Se você for seguindo isso você verá que existem mais motivos pra agradecer do que para reclamar.
E que essa gratidão que você irá exercer transformará o seu dia, de verdade.
Você começará com um pensamento diferente, e quando aquele reclamão do começo chegar perto de você...
Você só terá motivos para agradecer a Deus por não ser mais você daquele jeito.
Tenha um Bom dia e tenha certeza...
Deus tá vendo!

quarta-feira, 31 de março de 2010

Ele tem feito elas suspirarem e sonhar


Tiago lacerda tem feito a mulherada da vitória Régia supirar,nossa elas sonham fazem
piadas,como seria,não eu fecharia os olhos,a outra Deus mi livre morreria de vergonha,a outra nossa explora a parte do corpo que esta melhor,e as funcionarias suspiram fundo,e assim ele tem ajudado de certa forma torna nossos dias melhores e mais alegres pois estamos dando boas rizadas dia apos dia,dedicado a todas as funcionarias da Vitória Régia Distribuidora bjs a todas. e Feliz Pascoa