Promoções

quarta-feira, 30 de março de 2011

Após o parto( quando?)

Pós-parto
----------





Geralmente, recomenda-se esperar até 40 dias para retomar a vida sexual, a não ser que tenha ocorrido alguma complicação, como infecções, hemorragia, lesão do períneo, entre outras. Converse com seu médico sobre o assunto.

Que cuidados em relação à saúde devo tomar logo após o parto?
-------------------------------------------------------------

Beba, pelo menos, dois litros de água por dia. Se preferir, reveze com chás e sucos de frutas. É importante para o funcionamento dos rins, do intestino, para hidratar a pele e auxiliar na produção do leite materno.

Que medicamentos devo evitar para não prejudicar a amamentação?
---------------------------------------------------------------

Principalmente antibióticos, antidepressivos, fórmulas de emagrecimento e tratamentos estéticos com enzimas. Só tome remédios com recomendação médica.

Depois do parto, quando devo ir ao ginecologista?
------------------------------------------------

Normalmente, a primeira consulta é feita sete dias após o parto. Os exames de rotina e o preventivo (Papanicolau) podem ser feitos 45 dias depois.

Quais são os métodos anticoncepcionais mais indicados no pós- parto?
--------------------------------------------------------------------

As mini-pílulas, implantes, e, após o terceiro mês, as pílulas combinadas. O DIU e os implantes cutâneos podem ser colocados depois de 45 dias. Todos podem ser usados durante o período de amamentação.

A higiene íntima, depois do parto, requer cuidados especiais?
---------------------------------------------------------------
Não, apenas cuidados com a higiene na região do períneo, pois há sangramentos que persistem por até quarenta dias.

Que cuidados devo ter com o corte da cesariana?
-------------------------------------------------

Depois de lavar com água e sabonete neutro, mantenha o local seco e descoberto.

Posso voltar a dirigir assim que o bebê nascer?
-----------------------------------------------

Não importa se o parto foi normal ou cesariana, é interessante esperar, pelo menos, duas semanas, devido ao processo de cicatrização tanto de um tipo de parto, quanto de outro.

Quando minha menstruação voltará?
-------------------------------------
Até 45 dias após o parto, pode haver sangramento. Depois, a menstruação descerá naturalmente.

A amamentação é método seguro para impedir uma nova gravidez?
-------------------------------------------------------------------
Não. A partir do segundo mês você pode ovular e engravidar novamente, daí a necessidade de usar algum método anticoncepcional.

sábado, 26 de março de 2011

Chupetas certo ou errado


Chupetas:
Po elis Oliveira


Os órgãos de saúde pública afirmam que o uso de chupetas e mamadeiras prejudica a prática do aleitamento materno. Assim, não recomendam aos pais incentivarem esse hábito nos filhos. O uso contínuo desses acessórios também interfere no crescimento da arcada e dos dentes. “Vários problemas podem aparecer, como a síndrome do respirador bucal, a mordida aberta e dificuldades de fala”, diz a dentista Camila Oda Maeda, de São Paulo. Se o pai e a mãe tiverem de optar por um tipo de chupeta ou mamadeira, devem escolher aqueles com bicos ortodônticos, cuja inclinação posiciona melhor a língua do bebê. Isso porque eles têm a base mais achatada, o que evita um distanciamento maior dos lábios
nos hopitais são proibidos uso de bicos,onde ganhei meu bb tinha cartazes e tudo!falando dos males causados pelas chupetas e mamadeiras!

segunda-feira, 14 de março de 2011

Bebês recem nascidos enxergam?


Habilidades Visuais

Ao nascimento, um bebê pode ver luzes e padrões, mas qualquer objeto que esteja além de oito polegadas de distância apresenta-se embaçado. Até mesmo com cinco dias de idade os recém-nascidos preferem olhar para rostos do que para qualquer outra coisa. A visão torna-se gradualmente mais clara e olhos começam a trabalhar em conjunto. A coordenação entre os olhos e as mãos começa a se desenvolver à medida que o recém-nascido começa a seguir com os olhos objetos em movimento e começa a tentar alcançar os objetos, primeiramente por acaso e depois com maior precisão. Por volta das oito semanas de vida, ele começa a focalizar seus olhos nos olhos de seus pais ou de outras pessoas próximas a ele. Diferente de um mundo cinza ao nascimento, o bebê de dois meses de idade pode distinguir algumas tonalidades de vermelho e azul do branco. Aos quatro meses, a visão das cores é semelhante à de um adulto.

Coisas a Fazer

Durante a noite, deixe uma luz acesa no quarto do bebê para que ele ou ela tenham alguma coisa para olhar quando acordarem.
Mude a posição do berço (e a posição do bebê dentro dele) freqüentemente para que a criança possa responder à luz em diferentes direções.
Durante os primeiros dois meses, pendure um móbile claro e colorido fora do berço para variedade e movimento. Quando o bebê completar aproximadamente oito semanas de vida, coloque o mobile sobre o berço.
Mantenha, dentro da área de visão do bebê, objetos que ele possa alcançar e tocar, e que sejam grandes o suficiente para que não possam ser engolidos (aproximadamente oito e doze polegadas).
Enquanto anda pelo quarto, fale para que o bebê possa associar a audição e a visão.
Forneça objetos para o bebê observar, mas não se entusiasme. Folhas impressas em combinação com um grande número de brinquedos pendurados sobre e ao redor do berço podem sobrecarregar um recém-nascido e prejudicar o desenvolvimento visual.
Coloque o bebê de bruços durante cinco a dez minutos de cada vez. Após algumas semanas, aumente a freqüência para que o bebê possa aprender a levantar a cabeça e olhar ao seu redor.
Balance um brinquedo ou chocalho alguns centímetros acima do bebê e lentamente movimente-o para cima e para baixo ou em círculos para encorajar o desenvolvimento das habilidades de rastreamento visual.
Idade: Dos quatro aos seis meses de idade

O controle dos movimentos dos olhos e as habilidades de coordenação olhos-corpo continuam a se desenvolver. O bebê poderá apresentar-se tímido na presença de estranhos, sentir a falta de um dos pais que saiu do quarto ou apresentar-se inquieto em ambientes desconhecidos.

Coisas a Fazer

Pendure um móbile estático, brinquedos ou diversos objetos sobre o berço para o bebê pegar, puxar e chutar.
Permita com que o bebê passe tempo suficiente no chão dos quartos e salas onde os outros membros da família estão presentes. Evite o uso de cercados e berços por horas ininterruptas.
Encoraje o bebê a pegar a mamadeira quando esta estiver chegando perto da boca.
Brinque de bater palmas movimentando as mãos do bebê enquanto canta em voz alta.

sábado, 12 de março de 2011

Brotoejas em recem nascidos!

Brotoejas

A brotoeja, chamada pelos médicos de Miliária, é uma erupção cutânea que afeta bebês e crianças pequenas. É causada pelo suor abundante que ocasiona em inflamação das glândulas sudoríparas. Devido a essa inflamação, o suor não chega à superfície da pele, ficando retido e causando irritação, freqüentemente com coceira.

A brotoeja é comum após a queimadura de sol, em um dia quente e úmido, com febre, ou como resultado de calor excessivo proveniente do excesso de roupas ou de um ambiente superaquecido.

A erupção cutânea é caracterizada por áreas vermelhas, com pequenas bolhas no centro. Essa erupção cutânea pode aparecer no rosto, pescoço, ombro, barriga ou peito. Pode coçar e pinicar.

Para tratar a brotoeja o melhor a fazer é aliviar o desconforto para o bebê, principalmente ao refrescar e secar a área afetada. Banhos, roupas frescas e a prevenção de condições que provavelmente causam suor são as principais recomendações para a criança com brotoeja.

Aplique um creme adequado na área afetada, receitado pelo médico, que ofereça algum alívio para a criança. Mas é importante ressaltar que apenas o creme não é suficiente para resolver o problema, é preciso trocar as roupas da criança e mudar seu ambiente.

Enquanto seu filho estiver com brotoeja, elimine doces e alimentos gordurosos, pois eles podem aumentar o calor interno e agravar a erupção cutânea.

Depois do banho, de preferência com água morna, seque a pele com tapinhas suaves e não com esfregões vigorosos. Não aplique qualquer loção ou pomada perfumada na pele. Esses produtos podem piorar a situação. Vista seu filho com roupas frescas, de fibra natural, e arejadas. Evite o excesso de roupa, principalmente em dias quentes.

Se seu filho for propenso à brotoeja, experimente mantê-lo o mais fresco possível, principalmente no verão. Sempre que possível, evite atividades que façam a criança suar.

sexta-feira, 11 de março de 2011

mamilos rachados(bico dos seios)


O que são mamilos rachados?

Nos primeiros dias, a amamentação pode provocar algum desconforto no começo de cada mamada. Mas mamilos doloridos, rachados ou sangrando não são um efeito colateral comum da amamentação, e sim sinal de que a "pega" do bebê não está correta. É importante lembrar que a amamentação não é um ato dolorido e que se isso ocorrer é porque alguma coisa precisa ser mudada.

Por vezes é possível ver sangue sem nem sentir dor. Um pouco de sangue que saia pelos mamilos na primeira semana de amamentação pode ser consequência do aumento de fluxo sanguíneo na região da mama e do crescimento do tecido produtor de leite. Essa condição deve melhorar, sem qualquer tipo de tratamento, em poucos dias.


O que leva à fissura dos mamilos?

A principal causa é a "pega" incorreta do bebê na hora da amamentação. Isso costuma provocar muita dor nos mamilos. Um melhor posicionamento da criança no mamilo tende a melhorar significativamente ou até a curar a dor. Outra causa pode ser deixar o bebê no peito quando ele não está mamando, apenas "mastigando" o bico.

Caso seu filho tenha uma infecção por cândida na boca (o famoso sapinho), você poderá apresentar fissuras ou dores agudas no seio durante ou após cada mamada. Para maiores informações sobre essa infecção por fungo, leia nossos artigos sobre candidíase em bebês e candidíase em mães.

Pele ressecada demais também pode provocar rachadura e até sangramento nos seios (uma condição conhecida como eczema, um tipo de dermatite). Os mamilos ou os seios podem ressecar devido ao clima, a resíduos de detergente nas roupas, a loções aplicadas na região da mama, sabonetes, talco, produtos para cabelo, desodorante ou perfume. Nesse caso podem-se passar pomadas específicas para a amamentação, hidratando a pele do mamilo.

O uso incorreto da bombinha para extrair leite também pode machucar os mamilos, fazendo-os rachar ou sangrar. Certos equipamentos utilizados de forma mais brusca podem ferir o tecido mamário, rompendo os capilares. Em casos mais extremos, algumas mulheres chegam a apresentar hemorragia sob a mama devido à sucção excessiva da bombinha.


Como cuidar?

Caso seus mamilos rachem ou sangrem, veja abaixo algumas dicas do que fazer:

• Vá ao médico assim que possível. Pode ser o pediatra do seu filho, o ginecologista ou a maternidade em que você deu à luz. É importante verificar se a pega do bebê no seio está correta, para que ele se alimente bem sem machucar seus mamilos. Com a orientação adequada, a amamentação não deve provocar nenhuma dor. Coloque seu filho de frente para o seio, com o rosto voltado para o seu corpo. A boca dele precisa estar bem aberta para que uma boa parte do mamilo e da aréola seja abocanhada.

• Não use sabonetes, álcool, pomadas ou perfume nos mamilos. A limpeza da área somente com água é suficiente.

• Faça um banho de sol ou de luz na região. Expor os seios durante 15 minutos à luz do sol (ou a uma lâmpada incandescente de 40 watts a uma distância de 40 cm) ajuda na cicatrização.

• Passe o próprio leite materno ao redor dos mamilos. Faça isso antes e depois de amamentar -- ajuda nas rachaduras e a prevenir infecções.

• Tome um analgésico. Se a dor for muito forte, tome um analgésico cerca de 30 minutos antes de dar de mamar. Não deixe de conversar com seu médico sobre o tipo de remédio mais adequado ao seu caso. O paracetamol costuma ser liberado para a amamentação.

O uso de conchas especiais no intervalo entre as mamadas pode ajudar na cicatrização, porque diminui o atrito do mamilo com o tecido do sutiã ou com o absorvente para seios.
Se a rachadura ou algum machucado não derem sinal de melhora, marque uma consulta com seu médico o quanto antes.


Os mamilos rachados vão afetar meu filho de alguma forma?

Os bebês geralmente ignoram esse tipo de incômodo da mãe. Sangue no leite não causa danos a eles, e o aleitamento pode prosseguir normalmente. A questão mais importante nesse caso é corrigir o problema e cicatrizar o mamilo o mais rápido possível, para que a amamentação volte a ser prazerosa para vocês dois. Contudo, se a pega do bebê não estiver correta, ele pode acabar tomando muito do leite inicial, que mata a sede, mas não um volume suficiente do leite posterior, do final da mamada, rico em calorias. Se isso acontecer, a criança tende a não ganhar peso direito.

Não se assuste se vir sangue num regurgitamento ou num vômito do bebê. Se seu seio estiver rachado, provavelmente o sangue é seu, não dele. Fique de olho e, se não melhorar, fale com o médico.


Devo continuar a amamentar?

A amamentação pode ser uma das experiências mais gostosas da vida de uma mulher, mas convencer uma mãe com mamilos rachados e sangrando disso é tarefa quase impossível. Se deseja continuar a amamentar, saiba que há tratamento para o problema e que, com a ajuda certa, você acabará experimentando um aleitamento indolor e até prazeroso.

terça-feira, 8 de março de 2011

amamentar,ajuda emagrecer

Como emagrecer após o parto?

Logo após o parto, a mamãe deve perder uma média de seis quilos: o peso do bebê mais o inchaço natural das últimas semanas de gravidez. Amamentando e tendo uma alimentação mais equilibrada, o metabolismo se torna mais acelerado e a mulher perde mais cinco ou seis quilos nos primeiros dois meses. Nesse tempo aquelas que não engordaram demais durante a gestação já devem ter retornado ao seu peso normal.

Mas e aquelas que engordaram 30 quilos, de quem falamos antes? Como perder todo esse peso excedente sem prejudicar o bebê? Bom, o melhor é começar a reeducação alimentar assim que chegar em casa! É a melhor maneira de emagrecer, ao mesmo tempo em que mantém uma dieta saudável que garante uma amamentação tranquila para o filhote. Não tem segredo. O ideal é se alimentar a cada duas ou três horas, mantendo assim o metabolismo acelerado.

não deixe de amamentar seu filhote e fechar um pouco a boca ganhei meu bb a 10 dias ja perdi 8kilos.beijokas.

Nasceu kamile 40 semanas e 4 dias


Bem eu ja estava bemm preocupada,mexendo na na net as 6h da tarde e pronto estourou minha bolça,fiquei sem dores mais foi aquele corre corre,as 8h veio as primeiras contrações,as nove as coisas ja estava bem sérias doia muito dai fui pro hospital,chegando la meu médico estava em uma cirurgia,fiquei sentada sofrendo muito até as 10 e 30,dai chamei a infermeira e disse eu não aguento mais dai ela mi levou pra sala de pré parto chegando la mais contrações e fui logo pra sala de parto,as 11e 40 da noite,da sexta feira 25 de ferreiro de 2011 nasceu minha princesa depois de acabar com minha raça pois axei um parto muito dificil pois foi normal e nas mãos das enfermeiras quando o médico chegou foi para retirada da placenta,bem mais ela nasceu com 3,360gr,e 50 cm,esta linda boneca,hoje ja esta com 10 dias mais mama, mama d+++ quer peito toda hora,todos aki em casa estão bem felizes,só kaique um pouco de ciumes,mais estamos dando bastante atenção para ele.