Promoções

terça-feira, 12 de abril de 2011

Amamentação, bom para mamãe e para o bebê.



Quando tocamos no assunto amamentação, em geral, as pessoas se interessam somente pela importância ao bebê. A discussão é essencial, pois o leite materno é um alimento completo para o recém-nascido. Mas também devemos dar atenção à mamãe, afinal é ela quem o produz e precisa estar sempre bem nutrida para não ter problemas de saúde neste período.
Uma mulher em fase de amamentação chega a gastar 30% mais calorias do que normalmente. Logo, é necessária uma alimentação reforçada para suprir as necessidades do organismo. O cardápio deve ser composto com boa variedade de verduras, legumes, frutas, cereais, e alimentos ricos em proteínas, como carnes.
Esses nutrientes não vão fortalecer o leite materno, porque sua composição é sempre a correta. Eles ajudam a manter a saúde geral da mulher em boas condições. As proteínas, por exemplo, são importantes para as células e a construção e restauração de tecidos.
Queima calórica é gasto energético. Então, a mãe também precisa repor suas reservas de energia. Aqui, entram os carboidratos. O ideal é procurar os complexos, que estão presentes no arroz, macarrão, cereais e frutas, entre outros alimentos. Além disso, eles são ricos em fibras, que agem na regulação a função intestinal.
O ferro é outro nutriente fundamental durante essa fase, pois é um componente importante na composição do sangue. Sua falta pode gerar franquezas e anemia, acarretando graves prejuízos à mulher.
Esses são apenas algumas recomendações para as novas mães tomarem bastante cuidado, não só com o neném, mas com elas mesmas. A amamentação é um momento marcante e exige muito do organismo, então é imprescindível manter-se saudável para não ter complicações nessa fase.

Dicas na hora de amamentar
* Aquecer o quarto e deixá-lo na penumbra;
* A mamãe deverá desnudar totalmente os dois seios;
* O bebê também deverá estar com pouquíssima roupa para manter a maior parte do corpo em contato com o corpo da mãe, pele a pele, sentindo a temperatura do corpo da mamãe;
* Se possível encostar o ouvido do bebê próximo ao coração da mamãe, lembre-se que durante os nove meses de gestação ele estava em temperatura constante de 37 ºC, penumbra e o único som que ele identificava eram os batimentos cardíacos da mamãe, portanto esse clima de penumbra, pele a pele com temperatura do corpo, os feromônios atuando e o som dos batimentos cardíacos acalma e fazem dessa amamentação um clima de puro amo
Vantagens do Leite Materno para o Bebê
  •   Melhora o desenvolvimento mental do bebê
  •   É mais facilmente digerido
  •  Amamentar promove o estabelecimento de uma ligação emocional, muito forte e precoce entre a mãe e a criança, formando o vínculo afetiv0
  • O ato de mamar ao peito melhora a formação da boca e o alinhamento dos dentes do bebê 
  •  O leite materno protege de muitas doenças no recém-nascido, como alergias, diarréias, vômitos, obesidade, problemas de visão, problemas respiratórios, cárie entre outros.

Um comentário:

  1. Eu sou testemunha viva kamile em 40 dias ja engordou 2k só no peito,e eu ja queimei bastante calorias rsrsrs é muito bom amamentar é uma coisa de amor!

    ResponderExcluir

comentem a vontade bjs e valeu.